Creation Science News


Evidências do dilúvio universal?!: Parque com floresta fossilizada é triplicado nos EUA
11/09/2011, 9:26 PM
Filed under: :::::: PUBLICAÇÕES: A - Z ::::::

Governo consegue comprar área privada nas bordas do Parque Nacional. Pesquisadores acreditam que novas descobertas podem ocorrer na área.

Parque Nacional da Floresta Fossilizada no Arizona, EUA (Foto: Associated Press/AP)

Enquanto o Brasil luta para regulamentar as áreas privadas que ainda estão dentro de suas terras protegidas, como os parques nacionais, o governo americano comemora a ampliação de uma importante unidade de conservação: o Parque Nacional da Floresta Fossilizada, ou petrificada como chamam os americanos, no oeste do estado do Arizona.

De aparência desértica, a área é considerada um canteiro de fósseis a céu aberto. Coberta por um mosaico colorido de madeira fossilizada, o Parque guarda registros do nascer da “Era dos Dinossauros” e muitas pinturas rupestres deixadas pelos ancestrais dos índios.

O Serviço Nacional de Parques dos EUA finalizou a ampliação na quinta (9), quando adquiriu um rancho que fica nas bordas da Floresta Fossilizada. A negociação vinha ocorrendo há anos e foi finalizada com a ajuda de um grupo de conservacionistas e pesquisadores.

Os limites do Parque foram expandidos em 2004, de 37,8 km² para 88,4 km² (área equivalente ao Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro). O financiamento para a compra dessas áreas veio anos mais tarde através de um programa federal de proteção da terra. “Essa região é tão rústica que tem a sua própria beleza”, diz Mike Ford, um dos diretores do Fundo Nacional de Conservação.

Paisagem mista

Parque com floresta fossilizada é triplicado nos EUA (Foto: Associated Press/AP)

O turismo na nova área só deve ocorrer após a finalização de um inventário ambiental.  Cerca de 630 mil pessoas visitam o atual Parque. A área é uma mistura de pastagens naturais com deserto, um local considerado como ideal para um arqueólogo encontrar com facilidade fósseis do período Triássico, de  220 milhões de anos.

Designado como um monumento nacional, em 1906, o Parque é reconhecido por sua importância científica e ambiental. Lá, já foram encontrados 90 novas espécies de animais e plantas. A mais relavante dessas descobertas ocorreu em 1962,  quando foi encontrado um esqueleto completo do Revueltosaurus. Antes dessa pesquisa, o animal era considerado um dinossauro, e depois foi classificado como um acenstral do crocodilo.

Muitas descobertas já foram realizadas também nas áreas recém adquiridas. Instituições como o Museu Nacional de História Natural e a Universidade de Austin, no Texas, trabalharam na área e registraram novos fósseis de animais e plantas.

* Com informações da Associated Press

Fonte: G1

 

 


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Fora isso, existe inumeras outras evidencias que corraboram com o dilúvio descrito em genesis.

t+

Comentário por Jonas




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: