Creation Science News


Pesquisa: homem moderno jamais coexistiu com Homo erectus – Será?
06/07/2011, 11:38 PM
Filed under: :::::: PUBLICAÇÕES: A - Z ::::::

O homem moderno jamais coexistiu com seu antepassado Homo erectus, revelam estudos publicados nesta quarta-feira. O Homo erectus é considerado como o antepassado direto do Homo sapiens e se parece com o homem moderno em vários aspectos, mas seu cérebro era menor e o formato do crânio, diferente.

O Homo erectus foi o primeiro de nossos parentes distantes a sair da África, há 1,8 milhão de anos, e desapareceu do continente africano e de grande parte da Ásia há 500 mil anos, mas suspeitava-se de sua presença na região de Ngandong, às margens do rio Solo, na ilha de Java (Indonésia), há entre 50 mil e 35 mil anos.

Como o Homo sapiens chegou à Indonésia há 40 mil anos, acreditava-se em uma possível presença comum em Java. As últimas datações que apoiavam esta hipótese foram realizadas em 1996, a partir de dentes de animais e restos fossilizados de hominídeos, mas havia dúvidas sobre a idade real dos fósseis.

A partir de 2004, uma equipe internacional de antropólogos, dirigida conjuntamente por Etty Indriati, da Universidade Gadjah Mada da Indonésia, e Susan Anton, da Universidade de Nova York, conduziu o projeto Solo River Terrace (SoRT), que realizou novas análises, com diferentes métodos de datação.

Os pesquisadores do SoRT concluíram que, independentemente dos métodos utilizados, os fósseis do Homo erectus eram de um período bem anterior à chegada do Homo sapiens à região. Assim, “o Homo erectus provavelmente jamais coexistiu neste habitat com os humanos modernos”, declarou Etty Indriati.

Segundo as análises do SoRT, o Homo erectus estava extinto em Java há ao menos 143 mil anos, e mais provavelmente há 550 mil anos. Uma coexistência entre o Homo erectus e o Homo sapiens reforçaria a teoria de que o homem moderno substituiu seus ancestrais no processo de evolução.

Mas a conclusão do projeto SoRT reforça a chamada “origem multirregional”, que sugere que os humanos modernos são resultado de múltiplas contribuições genéticas, de diferentes grupos de hominídeos que viveram na África, Ásia e Europa.

Fonte: Terra

Referência:

1. Etty Indriati, Carl C. Swisher, Christopher Lepre, Rhonda L. Quinn, Rusyad A. Suriyanto, Agus T. Hascaryo, Rainer Grün, Craig S. Feibel, Briana L. Pobiner, Maxime Aubert, Wendy Lees, Susan C. Antón “The Age of the 20 Meter Solo River Terrace, Java, Indonesia and the Survival of Homo erectus in Asia” (PLoS ONE, 2011; 6 (6): e21562 DOI: 10.1371/journal.pone.0021562)

——————————————————————–

COMENTÁRIO:

Por Daniel F. Zordan

O que sabemos sobre o homo erectus?

Segundo a teoria evolucionista: são fósseis de hominídeos, do Pleistoceno Médio, datados entre 1,5 milhões a 200.000 mil anos atrás, encontrados na África, sudeste da Ásia e no sul da Europa.

Quais fósseis foram encontrados?

1) O homem de Java: Foi encontrado uma calota craniana e um fêmur completo.

2) O homem de Pequim: Encontrado 38 indivíduos, de capacidade craniana oscilando entre 850 a 1200 cm3. Os depósitos da caverna continham claras evidências do uso do fogo. Os instrumentos de pedra (para cortar) eram numerosos; eles indicam uma cultura mais adiantada do que a dos encontrados na garganta de Olduvai.

3) Homo Erectus Muritanicus: As mandíbulas são semelhantes às encontradas em Pequim. Também foi encontrado instrumentos de pedra (machadinhas, raspadeiras, etc.).

4) Homo Erectus Leakey: São semelhantes aos fósseis de Java e Pequim. Machados de pedra também foram encontrados no local.

5) Homo Erectus Heidelberguenris: Trata-se de apenas uma mandíbula.

O que observamos nos fósseis: são as características e costumes totalmente humanas. Eles produziam utensílios de pedra (facas, machados, raspadores), bem como dominavam a linguagem falada, abrigavam-se em cavernas e dominavam o fogo. No aspecto físico, o Homo Erectus não ultrapassava 1,5m de altura; tinha a arcada superciliar saliente e uma mandíbula maciça, desprovida de queixo. A cabeça articulava-se com a coluna vertebral de modo a ficar ligeiramente projetada para frente.

Poderia o Homo Erectus ser contemporâneo de Adão, Matusalém e Noé?

Em 2009, pesquisadores descobriram que (a partir dos 26 anos) o cérebro perde, em média, cerca de dois gramas por ano (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19283594). Bem como, o envelhecimento provoca alterações no tamanho e na espessura do crânio (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2036252/pdf/medcht00019-0442.pdf).

Quando analisamos as escrituras sagradas, principalmente Gênesis, notamos que o mundo pré-diluviano era muito diferente do mundo de hoje.

As pessoas antes do dilúvio viviam em média de 900 anos. Sendo assim, uma pessoa que vivesse por centenas de anos, haveria uma redução na massa cerebral, mudanças no tamanho, espessura e forma de seu crânio. E é exatamente isso que vemos nestes fósseis.

Conclusão: O Homo Erectus já dominava a fala há 1,8 milhões de anos. No entanto, a escrita só surgiu há 6.000 anos (Será possível terem demorado milhões de anos para desenvolverem uma linguagem escrita, alfabética?). Prefiro ficar com os relatos bíblicos que diz que o ser humano foi criado já com inteligência e capacidade de comunicar.

Gênesis 1:26-27 – O homem foi criado por Deus na sua semelhança e à sua imagem:

“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.”

Salmo 8:3-5 – Deus fez o homem um pouco menor do que os anjos, coroado com glória e honra.

“Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste.”

A imagem de Deus se refere à parte imaterial do homem. Ela separa o homem do mundo animal, e o encaixa na “dominação” que Deus pretendeu (Gênesis 1:28), e o capacita a ter comunhão com seu Criador. É uma semelhança mental, moral e social.

Mentalmente, o homem foi criado como um agente racional e com poder de escolha: em outras palavras, o homem pode raciocinar e fazer escolhas. Isto é um reflexo do intelecto e liberdade de Deus. Todas as vezes que alguém inventa uma máquina, escreve um livro, pinta uma paisagem, se delicia com uma sinfonia, faz uma conta ou dá nome a um bichinho de estimação, esta pessoa está proclamando o fato de que somos feitos à imagem de Deus.

Moralmente, o homem foi criado em justiça e perfeita inocência, um reflexo da santidade de Deus.

The peace of God


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Isso, são reflexos da santidade de DEUS:
– De seus filhos se nos dêem sete homens, para que os enforquemos ao SENHOR em Gibeá de Saul, o eleito do SENHOR. E disse o rei: Eu os darei. 2SM 21 ; 06
– Porém o rei poupou a Mefibosete, filho de Jônatas, filho de Saul, por causa do juramento do SENHOR, que entre eles houvera, entre Davi e Jônatas, filho de Saul. 2SM 21 ; 07
– Mas tomou o rei os dois filhos de Rispa, filha da Aiá, que tinha tido de Saul, a Armoni e a Mefibosete; como também os cinco filhos da irmã de Mical, filha de Saul, que tivera de Adriel, filho de Barzilai, meolatita, 2SM 21 ; 08
– E os entregou na mão dos gibeonitas, os quais os enforcaram no monte, perante o SENHOR; e caíram estes sete juntamente; e foram mortos nos dias da sega, nos dias primeiros, no princípio da sega das cevadas. 2SM 21 ; 09
– Então Rispa, filha de Aiá, tomou um pano de cilício, e estendeu-lho sobre uma penha, desde o princípio da sega até que a água do céu caiu sobre eles; e não deixou as aves do céu pousar sobre eles de dia, nem os animais do campo de noite. 2SM 21 ; 10
– E foi contado a Davi o que fizera Rispa, filha de Aiá, concubina de Saul. 2SM 21 ; 11
– Então foi Davi, e tomou os ossos de Saul, e os ossos de Jônatas seu filho, dos moradores de Jabes-Gileade, os quais os furtaram da rua de Bete-Sã, onde os filisteus os tinham pendurado, quando feriram a Saul em Gilboa. 2SM 21 ; 12
– E fez subir dali os ossos de Saul, e os ossos de Jônatas seu filho; e ajuntaram também os ossos dos enforcados. 2SM 21 ; 13
– Enterraram os ossos de Saul, e de Jônatas seu filho na terra de Benjamim, em Zela, na sepultura de seu pai Quis, e fizeram tudo o que o rei ordenara; e depois disto Deus se aplacou com a terra. 2SM 21 ; 14

E isto tambem é um bom exemplo:
– Disse o SENHOR a Moisés: Toma todos os cabeças do povo, e enforca-os ao SENHOR diante do sol, e o ardor da ira do SENHOR se retirará de Israel. NM 25 ; 04
– Então Moisés disse aos juízes de Israel: Cada um mate os seus homens que se juntaram a Baal-Peor. NM 25 ; 05
– E eis que veio um homem dos filhos de Israel, e trouxe a seus irmãos uma midianita, à vista de Moisés, e à vista de toda a congregação dos filhos de Israel, chorando eles diante da tenda da congregação. NM 25 ; 06
– Vendo isso Finéias, filho de Eleazar, o filho de Arão, sacerdote, se levantou do meio da congregação, e tomou uma lança na sua mão; NM 25 ; 07
– E foi após o homem israelita até à tenda, e os atravessou a ambos, ao homem israelita e à mulher, pelo ventre; então a praga cessou de sobre os filhos de Israel. NM 25 ; 08
– E os que morreram daquela praga foram vinte e quatro mil. NM 25 ; 09

Comentário por ade155Adriano Vicente




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: