Creation Science News


LIVROS: “The End of Science” (O fim da ciência) e “The Undiscovered Mind” (A mente desconhecida), de John Horgan
24/09/2010, 5:37 PM
Filed under: :::::: PUBLICAÇÕES: A - Z ::::::

“The End of Science” (O fim da ciência) , de John Horgan – Uma discussão sobre os limites do conhecimento científico

The End of Science, de John Horgan (O FIM DA CIENCIA)

Em busca de respostas para uma série de perguntas sobre o futuro da ciência, John Horgan, um dos editores da revista Scientific American, entrevistou dezenas de cientistas e pensadores, entre eles físicos, biólogos, filósofos, historiadores e lingüistas. Este livro explora, entre outras, as seguintes questões: Será que a ciência atingiu o fim da linha? O que ainda se pode esperar dela em termos e melhorar o conhecimento que o ser humano tem a respeitar do mundo? A sociedade faria melhor em reduzir os esforços de natureza científica a que tem se dedicado e concentrar mais seus recursos na aplicação do que já se sabe, de modo a melhorar a condição humana?
O fim da ciência não oferece uma resposta acabada e conclusiva, mas ilumina muitos dos caminhos que precisarão ser explorados para que qualquer pessoa possa chegar a suas próprias conclusões com o máximo de conhecimento de causa.


“The Undiscovered Mind” (A mente desconhecida), de John Horgan – Por que a ciência não consegue replicar, medicar e explicar o cérebro humano

"The Undiscovered Mind" (A mente desconhecida), de John Horgan

Com competência investigativa e espírito crítico exemplares, além de um humor desconcertante, Horgan nos conduz a laboratórios, hospitais e universidades para conhecer neurocientistas, analistas freudianos, terapeutas de eletrochoque, geneticistas comportamentais, psicólogos evolucionistas, engenheiros de inteligência artificial e filósofos da consciência. Nesse percurso, investiga, por exemplo, o que chama de “dilema de Humpty Dumpty”, o fato de que os neurocientistas conseguem desmontar o cérebro e a mente em muitos pedaços, mas são incapazes de tornar a montá-los. Doenças como a esquizofrenia e a depressão dão um baile nos pesquisadores, e Horgan apresenta provas de que o efeito placebo é o ingrediente principal do Prozac, da psicoterapia e de outros tratamentos de distúrbios mentais.
Uma das estratégias do autor consiste em usar os argumentos de uma área para encostar a outra na parede, submetendo todas elas a um interrogatório implacável. A partir desse fogo cruzado, Horgan mostra que ainda estamos muito longe de desvendar os mistérios da mente humana.

Autor: John Horgan

John Horgan

Nasceu nos Estados Unidos em 1955. Formado em jornalismo pela Universidade de Columbia, foi editor da revista Scientific American e colaborador de diversas publicações americanas e européias, como The New York Times, The Washington Post, The New Republic, Discover e The London Post. Entre outros prêmios, recebeu o Science Journalism Award, concedido pela American Association for the Advancement of Science, e o Science-in-Society Award, da National Association of Science Writers.


2 Comentários so far
Deixe um comentário

One of the best books in my life!

Comentário por ¯\(°_o)/¯ (@Aleperdido)

I have not read. But, I want to read.

The Peace of God

Comentário por Daniel F. Zordan - Creation Science News




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: