Creation Science News


“Eva Mitocondrial” mãe de todos os seres humanos teria vivido há 6000 anos
15/09/2010, 11:36 PM
Filed under: :::::: PUBLICAÇÕES: A - Z ::::::

Como é herdado o DNA-mitocondrial?

Um estudo publicado no site “O DNA vai à escola” sobreO DNA mitocondrial de Eva” diz que os genes de uma criança são aproximadamente igualmente herdados do pai e da mãe. De singular na teoria da Eva Mitocondrial é a descoberta de que o DNAmt é herdado apenas da mãe, não havendo nenhuma contribuição do pai na época da fertilização. A mitocôndria  não é herdada do pai, pois quando o espermatozóide penetra o óvulo, não há entrada de mitocôndria. Apenas o DNA da cabeça do espermatozóide contribui para a formação do zigoto. A única fonte de DNAmt do zigoto é materna. A mãe passa o seu componente de DNA mitocondrial para suas filhas e filhos. Os filhos (homem) não podem passar informações genéticas para seus descendentes; a informação pode ser passada apenas pelas mulheres.

Mitocôndria

Sabemos que o DNA é passado de mãe para filho em cada geração e isso nos oferece uma grande fonte de informações intrigantes sobre o passado da humanidade. Os geneticistas estão usando essa informação em uma tentativa de determinar exatamente quando a “mãe” de todos os seres humanos viveu.

Estudos envolvendo o DNA mitocondrial (DNAmt), levantaram uma série de perguntas.

1 – É possível reconstruir uma seqüência de DNAmt da primeira mãe ?

2 – E em caso afirmativo, como se compara o DNAmt aos bilhões de descendentes (homem moderno)?

3 – Além disso, há informações suficientes no DNAmt de hoje para deduzir quando a primeira mulher “mãe figurativa” – chamada “Eva mitocondrial” – viveu?

Quando começaram as investigações sobre estas questões décadas atrás, era grande o otomismo sobre as possibilidades de identificar uma data em que a mãe de todos os seres humanos viveu. Mas os estudos já mostraram que os dados não são suficientes para dar uma resposta. Certo número de pressupostos de partida é necessário, e quando as suposições dos pesquisadores são aplicadas de modos diferentes, os dados podem conter variações de idade para Eva Mitocondrial.

Quando foi que a Eva mitocondrial viveu?

Para responder a esta, é preciso saber com que freqüência ocorre mutações no DNA mitocondrial. As primeiras estimativas baseavam-se no seguinte raciocínio:

“Os seres humanos e chimpanzés tiveram um ancestral comum cerca de 5 milhões de anos atrás. Porque o DNAmt em seres humanos e chimpanzés diferem em 1000 lugares, uma mutação ocorre aproximadamente a cada 10 mil anos. Outra abordagem errada começou por assumir que a Austrália foi o primeiro povoado à 40.000 anos atrás. O número médio de mutações mitocondriais entre os aborígenes australianos divididos por 40.000 anos deu outra taxa de mutação extremamente lenta para o DNAmt. Essas taxas estimadas, com base na evolução, levou à crença equivocada de que Eva mitocondrial viveu 100.000-200.000 anos atrás “(Nature 431, 562-566 (30 September 2004) | doi:10.1038/nature02842 ). Isto surpreendeu os evolucionistas que acreditam que nosso ancestral comum foi uma criatura simiesca que viveu 31 / 2 milhões de anos atrás.

A maior surpresa, até mesmo a descrença, ocorreu em 1997,  quando foi anunciado na “Trends in Ecology & Evolution” que as mutações no DNAmt ocorrem 20 vezes mais rápido do que tinha sido estimado. Sem assumir que os seres humanos e chimpanzés tiveram um ancestral comum à 5 milhões de anos atrás ou que a Austrália era habitada há 40.000 anos, as taxas de mutação pode agora ser determinada diretamente através da comparação do DNA mitocondrial de muitas mães e filhos. Usando a mais nova taxa de precisão, Eva mitocondrial viveu apenas cerca de 6.000 anos atrás (Science)

Baseando-se no ADN de um antigo czar russo, os investigadores descobriram que talvez o ADN mitocondrial esteja a sofrer mutações 20 vezes mais rápido do que se pensava.

Os autores também fazem referência a um outro estudo (Nature Genetics) onde os investigadores sequenciaram 610 pares de base do ADN mitocondrial de 357 indivíduos de 134 famílias diferentes e repararam que as mutações ocorrem com muito mais frequência do eles pensavam. Estudos evolutivos anteriores fizeram os investigadores pensar que iriam encontrar uma mutação a cada 600 gerações (uma a cada 12.000 anos). No entanto, ficaram “estonteados” por encontrarem alterações em 10 pares de base, o que dá uma mutação a cada 40 gerações (uma a cada 800 anos).

Mais para a frente, o artigo apresenta a controvérsia:

“researchers have calculated that “mitochondrial Eve”–the woman whose mtDNA was ancestral to that in all living people–lived 100,000 to 200,000 years ago in Africa. Using the new clock, she would be a mere 6000 years old.” (Os investigadores calcularam que a “Eva mitocondrial” – a mulher cujo mtADN foi ancestral de todos os seres humanos – viveu entre 100.000 a 200.000 anos atrás em África. Utilizando o novo relógio, ela teria uns meros 6000 anos) “Grifo Nosso”

Matéria completa em PDF: Science “Calibrating the Mitochondrial Clock” 2 January 1998: Vol. 279. no. 5347, pp. 28 – 29 DOI: 10.1126/science.279.5347.28

Resumindo:

Durante anos vários cientistas vêm tentando calcular a idade da “Eva mitocondrial”, o que eles não esperavam era chegar a idade de 6.000 anos para a mãe de todos os seres humanos. O que não foi nenhuma surpresa para os criacionistas bíblicos.

A Bíblia nos diz E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.”  (Gênesis 1 : 27) Diz também que Adão chamou “…o nome de sua mulher Eva; porquanto era a mãe de todos os viventes.”  (Gênesis 3 : 20)

O Gênesis contradiz a “evolução das espécies”, contradiz a “macro-evolução”.

Gênesis fala sobre a criação do homem e dos animais através do pó da terra (Gênesis 2:7 e 19). Não de evolução, processo lento e gradual ao longo de milhões de anos.

Eva e Adão; não se desenvolveu separadamente. Adão era um ser humano inteligente que podia falar uma língua, estudar e nomear os animais, e engajar-se na vida – tendo uma atividade. Ele não era um semi-macaco ignorante.

“Porque assim diz o SENHOR que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o SENHOR e não há outro.” (Isaías 45 : 18)

Por Daniel F. Zordan

The peace of God




9 Comentários so far
Deixe um comentário

quando nós começarmos a darmos mais ouvidos a Deus do que aos homens,em especial á teoria de Darwin começaremos a entender melhor as coisas de como elas realmente foram criadas e de como são nos nossos dias,em suma,Deus é soberano sobre todas as coisas,e este não é um comentário de um religioso cego para as coisas da ciência.

Comentário por David Francisco da Silva

Darwin lançou uma hipótese, da qual ele mesmo honestamente não elevou a estatuto de verdade absoluta. Da mesma forma, a descoberta da “Eva mitocondrial” com um clock acelerado não comprova nenhuma visão criacionista. A pressa em assumir uma posição é sempre um empecilho para a correta investigação da verdade.

Comentário por luciano

Como faço pra sempre receber novidades desse site?só em estar conectado com o face?
O site é ótimo,parabéns.

Comentário por Júnior Pereira Viana

desonesto intelectualmente

Comentário por Anderson Ruggy

A única coisa que não é provada na Eva Mitocondrial é quanto tempo atrás ela existiu, pois ela parte da pressuposição de que as variações genéticas foram constantes, algo que JÁ FOI provado que não é verdade.
Relógio molecular possui diversas falhas fatais e uma delas é assumir que as variações foram constantes.
http://www.nature.com/nrg/journal/v4/n3/full/nrg1020.html

Comentário por Alberto

Verdade, Alberto.
https://alogicadosabino.wordpress.com/2009/06/04/6000-anos-para-a-eva-mitocondrial/

Comentário por Humberto Rodrigues

desonesto intelectualmente e tendenioso

Comentário por MARCO AURELIO MARCÃO

Conciliar uma pesquisa científica com um fato histórico é ser desonesto? Caso você não acredite que o relato bíblico não seja um fato histórico, tudo bem…. mas tem que ser, no mínimo, HONESTO para concordar de que há uma grande semelhança nos dados apresentados.

Shalom!

Comentário por Daniel F. Zordan - Creation Science News

Olá, vim lembrar que houvera 2 momentos de criação… Em Genesis 1 e em Genesis 2.

Em Genesis 1 Deus cria todo o universo.

Em Genesis 2 Deus cria companhia ao homem no jardim do Éden.

Fácil discernir, agora resta a humildade de querer questionar-se, porque existia animais mortais e homens que agiam como animais fora do Éden?

Até aí, não desmerecendo criacionismo pelo barro pelo sopro divino, afinal, Deus tinha todos os sais do solo para deter a matéria é constituir a vida mais complexa, nada de sopa nutritiva, já que detinha todos os minerais para a criação.

Agora isso não responde sobre o universo fora do Éden. Criacionismo também? Creio que não… É sabe porque? Não houvera homens criados antes de adão. Ressalva no termo criado.

Deus aplicou as leis da física, o milagre da consistência de cada proton e eletron, para através de um instante menos de um segundo, criar matéria. Depois disso, criou o universo no seu tempo que- na mente limitada do homem se escreveu em dias- junto ao vazio. Criou-se a terra, oa seres vivos em cada dia que, coincidência, descreve quase a ordem da evolução segundo cientistas.

Ora, isso desmerece a criação de adão e dos animais dentro do Éden? Não, afinal, tudo que ficou fora do Éden, nada interviu na criação dentro do Éden. Deus fizera por outro método.

Os dias bíblicos não detonam um tempo certo, poderiam ser 1 dia , e noutros, milhões de anos. O tempo que lemos é cômodo para entender, mas esquecemos que Deus se situa no plano Kairos, segundo o grego, atemporal, em contraste com o termo Chronos.

Certamente que uma pessoa que escreveu o Genesis não tinha vocabulário para descrever um percentual microscópio da sabedoria do Divino, logo o fez – ao menos tentou – relatar de maneira simples, mas o foco é a historia e não a descrição científica.

O criacionismo muito defendido hoje é do ramo chamado fixista, que caira na idade média, assim como as idéias de terra plana, nem precisou adentrar no tempo moderno dos iluministas.

Querer crer no criacionismo não é aventura, Deus fez adão e outras fera no Éden em um “dia” que é um valor de um crepúsculo. Agora é cortar os pulsos negar o tempo biológico da terra, a existência de povos de outros “seres humanos” cuja “criação” nem aparece no Éden, senão não, nos “dias” que representam – a excluir o dia de adão -, segundo pesquisas, milhões de anos.

De maneira nenhuma Deus é reduzido, ao contrário, só reafirma que a obra “antiga” é capaz de adaptar-se entre os mais fortes, e por fim, selecionar os mais aptos para se propagar pela terra.

Sei que não precisei criar igreja nem negar registros arqueológicos.

Claro, não to pedindo pra ninguém se converter a nenhuma religião ou pensamento científico, antes ser ignorante do que saber de muito e ser julgado depois em peso. É uma caixa de pandora, caso entenda do mito grego, está disposto a abrir?

Comentário por Rubem




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: